1001 Razões para Gostar de Portugal

Blogue (à volta) do Livro

31 de março de 2011

31 AS PONTES DE D.MARIA E DE D. LUÍS,




no Porto.

28 de março de 2011

30 O MERCADO DO BOLHÃO,

no Porto.

29 BATATAS A MURRO

28 O CENTRO CULTURAL DE BELÉM,

em Lisboa.

27 O JARDIM BOTÂNICO DA AJUDA.

26 O "GOLDEN GATE" do Funchal,

"esquina do mundo" na expressão de Ferreira de Castro.

19 de março de 2011

25 OS CAMPOS DE GIRASSÓIS

24 O CENTRO HISTÓRICO DE ANGRA DO HEROÍSMO,

nos Açores, classificado como Património Mundial em 1983.

23 A CASA DAS ARTES,

no Porto, obra de Souto Moura.

17 de março de 2011

22 UM CASAL DE ARTISTAS PLÁSTICOS

Catarina Lira Pereira e Gilberto Colaço, sediados na zona de Alcobaça.

10 de março de 2011

21 O RESTAURANTE CASA DOS LEITÕES

Difícil de encontrar, na Travessa Marques Lésbio, vale o sacrifício da procura. Sem leitão, mas com peixe de grande qualidade. Vale também a ciência da grelha do senhor Pedro, um mestre, bem como toda a participação da família.

20 As faianças artísticas RAFAEL BORDALO PINHEIRO,

que continuam a arte do autor do Zé Povinho.

19 O HOTEL "CHOUPANA HILLS",

na Madeira, com toque oriental.

18 OS FILMES DE JOÂO CÉSAR MONTEIRO,

integralmente editados em DVD.

17 A "CASA DE CHÀ DA BOA NOVA",

incrustada na rocha e no mar, em Matosinhos.

16 O PRÉMIO PESSOA,

pois todos os anos reconhece portugueses que contribuem para tornar Portugal melhor.

15 AZENHAS DO MAR e a sua piscina de mar.

14 A PAISAGEM DO VALE DO GUADIANA

13 A FUNDAÇÂO DE SERRALVES,

no Porto e a sua programação. Excelente!

9 de março de 2011

12 O RESTAURANTE TASCA DA ESQUINA,

numa esquina de Campo de Ourique, em Lisboa e no local onde ficava o antigo correio. Um restaurante onde se vai e se quer ir uma outra vez.

8 de março de 2011

11 A ALDEIA DE MONSARAZ, no Alentejo

10 GONÇALO RIBEIRO TELES,

percursor da ecologia e dos verdes.

9 O MOSTEIRO DA BATALHA,

classificado em 1983 como Património da Humanidade, pela Unesco.

7 de março de 2011

8 O CASTELO DE S. JORGE

6 de março de 2011

7 AS ESCOLAS DO PAÍS.



Apesar das críticas sobre o seu funcionamento, continuam a ser locais de acesso democrático, de desenvolvimento do saber e de convívio multicultural. Há algum outro local assim?

6 O CONVENTO DA CARTUXA,

em Évora, o seu claustro com um jardim de um hectare e os monges que alberga. O convento não é visitável, mas nem tudo o que é bom...

5 O MUSEU DA QUINTA DAS CRUZES,

na Madeira, com pratas e mobiliário do século XVIII.

5 de março de 2011

4 AS MANTAS,

artesanato de Castro Laboreiro.

3 O QUEIJO DA SERRA

2 OS 560 KM DE COMPRIMENTO...

os 220 de largura do território. Temos um país que se atravessa de norte a sul, de leste a oeste, com facilidade.

1 D. AFONSO HENRIQUES

e todos os que, desde o século XII, batalharam para preservar a independência de Portugal.

INTRODUÇÃO

Este livro começou no Brasil, na Livraria da Travessa. Fui um frequentador regular dessa livraria, a maior da Avenida Visconde de Pirajá, na quinzena que passei em 2003 no Rio de Janeiro. Na imensidão dos títulos propostos, tinham em evidência 1001 Razões para Gostar do Brasil de Marcel Camacho. Fiquei com pena de o ter visto poucos dias antes de regressar a Portugal. Se isto tivesse acontecido, teria usufruído de mais coisas que esse autor assinalava no livro.

Depois do regresso, pensei em fazer um livro semelhante sobre Portugal, pois como muitos portugueses, gosto de falar do que é positivo.

Alguns duvidaram do projecto, "1001 razões". É mesmo demais! Lá 5 ou 6!", disseram, Outros acharam uma óptima ideia e outros deram uma inestimável ajuda.

Chego ao fim sabendo que faltam muitas coisas boas de Portugal. Algumas ignorei porque não aprecio, outras porque não conheço, outras porque não se pode ser exaustivo, e incluir dezenas de castelos, centenas de vinhos, milhares de livros. Evitei os mortos, mas coo não falar de Eça, de Camões, de Pessoa ou de Joaquim Agostinho? Sophia de Mello Breyner e Carlos Paredes faleceram já depois de ter terminado o livro. Agora a lista já é maior: Eduardo Prado Coelho pariu também.

Espero que fiquem convictos de que Portugal tem muitas coisas boas, muitas mais do que as referidas neste texto. Terá sido tempo bem empregue se o leitor ficar com o desejo de conhecer melhor a riqueza do património, o potencial de inovação, a força da interacção social em Portugal. No fim, fica uma página para o leitor adicionar algumas das suas principais razões...para gostar de Portugal. Serão, certamente, as mais importantes!

Lisboa, 5 de Setembro de 2004

O Autor

3 de março de 2011

VAI SER DIFERENTE

Aproveitarei o tempo que passou para fazer algumas pequenas alterações. Algumas menções desaparecerão, outras serão corrigidas.

RAZÕES PARA CONTINUAR

1. Isto nunca esteve tão mau. Apesar disso continua a haver razões para gostar de Portugal.

2. O livro da Texto Editores já não existe no mercado. Por isso vale a pena refazer o livro na blogosfera.

Razões para CONTINUAR

Os blogues são assim mesmo! Ora param, ora recomeçam...

O LIVRO DO BLOGUE
  • Publicado em Fevereiro de 2005 por TEXTO EDITORES

  • View My Stats